Ana Castela é alvo de processo por suposto plágio na música “Solteiro forçado” e cantor pede retratação pública e R$ 200 mil de indenização

14 de dezembro de 2023

 

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Luan Kaique Vieira Castelan busca reparação por danos morais, danos materiais, alegações de plágio, reivindicação de direitos sobre os lucros provenientes da música de Ana Castela, além de exigir uma retratação pública da artista

Ana Castela está no centro de uma disputa judicial. A cantora está sendo processada pelo músico Luan Kaique Vieira Castelan, que alegou plágio das músicas “Lado Direito da Cama”, de autoria de Luan, e “Solteiro Forçado”, interpretada pela Boiadeira. Com a denúncia, Luan indenização de R$ 200 mil e solicita uma retratação formal por parte da cantora, referente ao que ele classifica como “uso indevido”.

A composição de Ana Castela é resultado de um esforço colaborativo, envolvendo os direitos autorais de sete pessoas, incluindo a própria cantora sul-mato-grossense. Inicialmente, o processo tramitava na Justiça de São Paulo, sendo posteriormente transferido para Londrina, Paraná, cidade onde Ana tem residência permanente.

O advogado de Luan Castelan argumenta que a música do cliente foi registrada em dezembro de 2019, contrastando com o lançamento da composição de Ana Castela, ocorrido em julho deste ano. A discrepância nas visualizações no YouTube também é mencionada, com a música da Boiadeira acumulando mais de 160 milhões de visualizações, enquanto a canção de Luan Castelan conta com aproximadamente 70 mil visualizações.

 

Por Isaque Martins supervisionado por Isabella Vieira*
Clube FM