Anitta entra para história do “Globo de Ouro”

27 de novembro de 2014

EntretenimentoMúsica

O programa “Globo de Ouro” estreou na Rede Globo em dezembro de 1972 e seguiu divulgando e apresentando artistas até dezembro de 1992. Pelo palco, passaram grandes lendas da música popular como Vanusa, Wanderley Cardoso, Odair José, Legião Urbana, Tim Maia, Caetano Veloso, Tom Jobim, Chico Buarque, Cazuza e Zeca Pagodinho, entre tantos outros. Durante quase vinte anos de exibição, a atração se tornou um marco na televisão brasileira.

Com a criação do Canal VIVA!, do grupo Globosat, muitos programas tiveram a chance de serem reprisados. E o “Globo de Ouro” não podia, claro, ficar de fora dessa. Em maio de 2012, a atração entrou para a programação do canal, que desde então exibe os episódios gravados entre 1988 e 1990. Artistas como Chitãozinho & Xororó, Pepeu Gomes, Evandro Mesquita, Fábio Jr., Kátia, Rosanah e Byafra destacam-se nesta nova etapa do show. Mas, como esperado, o sucesso estrondoso da premiação abriu novos caminhos.

A partir de 17 de novembro de 2014, foram encomendadas dez novas edições do programa, agora com a assinatura “Globo de Ouro Palco VIVA”. Apresentado por Juliana Paes e Márcio Garcia, o novo Globo de Ouro volta a trazer nomes de peso para o seu palco.

Na última segunda-feira (dia 24), por exemplo, a cantora Anitta, famosa por seus hits “Show das Poderosas” e “Blá Blá Blá”, se apresentou com “O Amor e o Poder”, que fez parte da trilha sonora da novela Mandala (1987) e se tornou nacionalmente conhecida na voz da cantora Rosana. A performance, muito elogiada pelos críticos, aflorou um lado diferente da funkeira, que mostra competência e potência vocal.

Comente

Seu e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios *.