MICHELLE BOLSONARO NÃO DEVE OUSAR NO LOOK DA POSSE, SEGUNDO ESTILISTA E MAQUIADOR DO CASAMENTO

Michelle Bolsonaro: noiva discreta e sem ostentação Foto: divulgação
Por: Carol Marques

Ela não gosta de aparecer. Detesta maquiagem pesada ou cabelos esvoaçantes. Não curte decotões nem roupas curtas. E não é de agora. A futura primeira-dama Michelle Bolsonaro já é assim há anos. Nem no próprio casamento ela quis chamar atenção. E olha que podia, afinal era a noiva.

“Ela chegou até mim através da indicação de amigas. Me pediu que fizesse um make bem discreto, o mais natural possível, pois queria ser ela mesma no altar. Até pude brincar um pouco mais com o cabelo, que prendi num coque mais moderno e com fios adornando o rosto. A Michelle não gosta de testa aparecendo demais”, conta o cabeleireiro e maquiador, especialista em noivas, Marcelo Hicho.

Michelle Bolsonaro e Marcelo Hicho: ele conseguiu brincar com o cabelo dela. Foto: reprodução/instagram

O vestido, todo branco, com aplicação de renda, flores e uma leve transparência foi obra de Marie Lafayette, que dá nome a seu ateliê, onde Michelle esteve pelo menos quatro vezes antes da prova final. “Ela é uma mulher muito simples, porém, elegante. Sabe exatamente o que quer. Foi assim quando me pediu para desenhar seu vestido de noiva”, contra a estilista: “Ela lançou até tendência na época, 2013, quando usou um tule fusion, que dá aquela impressão de pele desnuda”.

O vestido escolhido tinha corte império, decote quase imperceptível e, a pedido de Michelle, sem mangas. “Ela tinha uma filha pequena, precisaria se movimentar, pegá-la no colo e as mangas limitariam seus movimentos. Além do mais, em março, quando casou, fazia calor ainda, e a cerimônia começou durante o dia”, justifica Marie.

Michelle Bolsonaro criou tendência, segundo estilista, com tule fusion Foto: divulgação

Nos encontros que teve com a futura primeira-dama, Marie conta que em nenhum Jair Bolsonaro esteve presente. “Eles seguiram a tradição de o noivo só ver o vestido da noiva na hora do casamento”, conta ela, que não se lembra do valor pago por Michelle pelo vestido e as roupinhas das damas de honra: “Perdi tudo o que tinha num HD, mas lembro que ela não pediu desconto”.

Quem sabe na posse?

Michelle Bolsonaro só foi vista de noiva por Jair Bolsonaro no dia do casamento Foto: divulgação

Basta dar uma olhada no Instagram para perceber que Michelle Bolsonaro tem sido tagueada por várias marcas de roupa. Não é para menos. Muitas delas estão sonhando em vestir a mulher do presidente eleito em sua posse, em Brasília, no dia 1 de janeiro.

A própria Marie não esconde o desejo de vesti-la. “Gostaria de mandar um desenho a ela”, confessa: “Penso numa roupa leve, um floral claro bem discreto, manga 3/4, já que será um dia muito quente, em pleno verão. E não podemos esquecer que a Michelle é evangélica, não vai querer ousar num dia como este”.

A esilista Marie Lafayette torce para fazer a roupa da posse Foto: Vera Donato/divulgação

Para o hairstylist Marcelo Hicho, o dia da posse não pede nada exagerado. E não espere de Michelle o mesmo despojamento que tornou Marcela Temer, a mulher do então vice Michel Temer, na posse de Dilma Roussef, em 2011, um ícone com sua trança desconectada. “Michelle gosta do cabelo tradicional, agora está mais chanel, fios retos. Deve ser assim, com eles soltos, que vai aparecer. Eu proporia um meio coque. A maquiagem tem que ser muito básica, mas faria uma pele mais iluminada porque a dela já é bem bonita. Um batom discreto, máscara para cílios e só”, imagina o profissional.

Michelle Bolsonaro pediu vestido sem mangas Foto: divulgação