Embasa diz que barragens de Brumado e Aracatu receberão melhorias em 2019; empresas já foram contratadas

(Foto: 97NEWS)

Após a tragédia em Brumadinho, levantou-se um alerta para as barragens existentes no país. Segundo o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, cerca de 3.386 barragens estão classificadas como de alto risco no Brasil. De acordo com o relatório da Agência Nacional de Águas (ANA), a Bahia tem 10 barragens com estrutura comprometida e risco de ruptura. Essa preocupação deixou autoridades, governadores, prefeitos e população de todos os estados com o sinal vermelho. Trazendo está realidade para nossa região, os municípios de Brumado e Aracatu, tem barragens administrada pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A. (Embasa). E esta semana moradores das duas cidades levantaram questionamentos sobre a segurança dessas barragens. Em nota divulgada à imprensa, a Embasa informou que as duas barragens – Brumado e Aracatu -, vão passar por uma fiscalização ainda este ano. “Para 2019, a Embasa tem ações de melhoria programadas para as barragens de Aracatu e Brumado, já com empresas contratadas”. Ainda conforme a empresa, “atualmente, todas as barragens administradas pela Embasa apresentam baixo ou médio risco, conforme o último Relatório Nacional de Segurança de Barragens publicado pela Agência Nacional de Águas (ANA)”. A Embasa também informou que investiu R$ 5,5 milhões em inspeção, manutenção e recuperação estrutural das barragens sob sua responsabilidade nos últimos três anos. E completou ainda que, “até 2021, mais R$ 25 milhões estão previstos para a continuidade dessas ações”. Por fim a nota diz ainda que, “as 27 barragens operadas pela empresa que se enquadram nos critérios da Política Nacional de Segurança de Barragens estão em boas condições de segurança e funcionamento”.

Fonte: 97news