Beto Barbosa, cantor que enfrentou um câncer, tem revivida na novela ‘Verão 90’ a fase de ‘rei’ da lambada

(Foto: Alvaro Henrique / Divulgação)

Beto Barbosa atravessou o verão de 2019 na batalha vitoriosa contra um câncer que o trouxe de volta à mídia no ano passado.

Em verões passados, o paraense Raimundo Roberto Morhy Barbosa – de 64 anos recém-completados em 27 de fevereiro – já foi tido como rei e também viveu na mídia.

Beto Barbosa foi o rei da lambada, assim proclamado por ter propagado em escala nacional esse ritmo também paraense nascido no início da década de 1980 a partir da fusão do carimbó conterrâneo, de ritmos nordestinos rotulados genericamente como forró e de gêneros latino-americanos como cumbia e merengue.

Essa fase áurea do cantor está sendo revivida na trama da novela Verão 90, exibida pela TV Globo no horário das 19h. O envolvimento de Quinzinho (o playboy interpretado pelo ator Caio Paduan) com a dançarina de lambada Dandara (personagem da atriz Dandara Mariana) tem como trilha sonora a música Preta, lambada de autoria de Beto Barbosa que impulsionou a carreira do artista e as vendas do quarto álbum do cantor, Beto Barbosa, lançado em 1990, ano em que se situa a trama da novela escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral.

Capas de dois álbuns mais bem-sucedidos da carreira de Beto Barbosa — Foto: Reprodução parcial da capa do CD 'Dose dupla'

(Capas de dois álbuns mais bem-sucedidos da carreira de Beto Barbosa — Foto: Reprodução parcial da capa do CD ‘Dose dupla’)

Preta consolidou o reinado nacional de Beto Barbosa no momento em que a lambada era o ritmo do momento no Brasil, dando origem a grupos como o Kaoma.

Atento aos sinais, o cantor e compositor – nascido em Belém (PA), mas residente em Fortaleza (CE) – já vinha investindo no gênero após ter lançado dois fracassados álbuns. O sucesso chegou para o cantor com o terceiro álbum, Beto Barbosa, lançado em 1988 com o retumbante hit Adocica, outra lambada de autoria do artista.

Começou ali, naquele ano de 1988, um reinado fugaz, mas intenso enquanto durou o apogeu da lambada. Com Preta, um dos maiores hits do Brasil em 1990, Beto Barbosa obteve uma das cotações mais altas do mercado musical brasileiro na época.

Ao reviver Preta nas cenas em que Quinzinho se mostra seduzido por Dandara, a novela Verão 90 joga luz sobre o glorioso passado desse artista que planeja voltar aos palcos após ter vencido a luta contra o câncer.

Fonte: G1