Pabllo Vittar dança conforme a música para não dançar…

(Foto: Ernna Cost / Divulgação)

NPN Remixes – o disco lançado por Pabllo Vittar ontem, 10 de maio – é subproduto do álbum original Não para não, o segundo da artista.

Vittar ofereceu neste segundo álbum, lançado em outubro de 2018, o que se esperava dele. E o que o público e sobretudo a indústria do disco esperavam dessa drag queen cantora popstar de origem maranhense era um punhado de hits em potencial, formatados com batidas sintéticas produzidas em escala industrial por time de compositores fazedores de sucessos.

Músicas como Problema seu (Alice Caymmi, Arthur Marques, Gorky, Maffalda, Noize Men, Pablo Bispo e Zebu, 2018), Buzina (Arthur Marques, Gorky, Maffalda, Pablo Bispo, Pabllo Vittar e Zebu, 2018), Disk me (Arthur Marques, Diego Timbó, Gorky, Maffalda, Pablo Bispo e Zebu, 2018) e Seu crime (Arthur Marques, Diplo, Gorky, King Henry, Maffalda, Pablo Bispo, Philip Meckseper e Zebu, 2018) cumpriram – em maior ou menor grau – os objetivos comerciais da indústria da música pop.

Em bom português, o álbum Não para não manteve Pabllo Vittar em evidência, mesmo sem reeditar o sucesso fenomenal de Vai passar mal(2017), o anterior álbum de estreia que há dois anos transformou a artista numa das sensações do universo pop brasileiro.

Capa do disco 'NPN Remixes', de Pabllo Vittar — Foto: Divulgação

(Capa do disco ‘NPN Remixes’, de Pabllo Vittar — Foto: Divulgação)

Com o insaciável apetite por resultados comerciais, a voraz indústria da música – no caso, representada pela gravadora Sony Music – tenta extrair mais sucesso do repertório do álbum Não para não com o disco NPN Remixes, reformatando todas as dez músicas do produto original para enfatizar um clima dançante, de pista, para as baladas, ainda que várias faixas do álbum original já estivessem nesse clima.

As faixas do disco NPN Remixes são inclusive emendadas umas nas outras. Buzina toca agora no CyberKills remixSeu crime é executado com o Las Bibas from Vizcaya remixDisk me atende o chamado do kLap remixProblema seu agora é de L_ucio remix.

Já o samba pop Trago seu amor de volta (Arthur Marques, Gorky, Maffalda, Pablo Bispo e Zebu, 2018) segue a cadência do remix de Zebu, um dos nomes creditados como compositores dessa música gravada por Pabllo Vittar com o cantor Dilsinho.

Pabllo Vittar dança conforme a música para não dançar

Fonte: G1