Pete Doherty, da banda The Libertines, é preso por acusação de comprar drogas em Paris

Foto: Dylan Martinez/File Photo/Reuters

O roqueiro britânico Pete Doherty foi preso em Paris por comprar drogas, informou a Procuradoria-Geral da capital francesa nesta sexta-feira (8).

Doherty, de 40 anos, ficou famoso como guitarrista e vocalista do Libertines nos anos 2000 e ganhou a reputação de rebelde por causa das drogas e dos atritos com a polícia.

“Pete Doherty foi posto sob custódia de madrugada devido à aquisição de narcóticos”, disse um porta-voz da Procuradoria de Paris, sem dar detalhes.

O jornal “The Guardian” diz que o vocalista foi preso por “supostamente” comprar cocaína.

A mídia francesa disse que o ex-líder do Babyshambles foi detido durante uma suposta negociação em Pigalle, bairro do norte parisiense conhecido por seus bares de fim de noite.

A Procuradoria não confirmou a informação divulgada por veículos franceses de que o cantor estava com duas gramas de cocaína e os representantes de Doherty não quiseram comentar o caso.

O britânico, ex-namorado da modelo Kate Moss, já foi preso por questões relacionadas a drogas em diversas ocasiões.

A banda The Libertines estava se preparando para uma nova turnê pela Europa e ainda não se manifestou sobre a prisão, nem se ela vai interferir nos shows marcados.

Fonte: G1