Gil e Chico se unem em música para ‘Sob pressão – Plantão Covid’; ‘Hino do momento’, diz diretor

Duas das mais emblemáticas vozes da música brasileira, as de Gilberto Gil e Chico Buarque, se juntaram para cantar versos inspirados na maior crise sanitária da história recente, numa música gravada para os novos episódios da série “Sob pressão – Plantão Covid“.

“É um hino do momento, muito profundo”, define o diretor Andrucha Waddington.

A edição especial em dois capítulos, que serão exibidos a partir da próxima terça-feira (6), mostrará os desafios da equipe médica de um hospital de campanha para pacientes infectados com o coronavírus.

Ainda sem título divulgado, a música é mantida em segredo pelos cantores e a produção da série. O lançamento será no próximo dia 13, dia em que irá ao ar o segundo e último episódio do especial.

Apenas um verso ja foi divulgado por Gil nas redes sociais:

 “Vamos cantar que a vida é só agora.”

Os dois cantores se juntaram em agosto, em um estúdio no Rio, para gravar a música, a convite de Andrucha.

A composição é de Gil em parceria com Ruy Guerra. Bem Gil assina a produção.

50 anos de parceria

A música para “Sob pressão” sairá mais de 50 anos depois da primeira parceria de Gil e Chico. Anonimamente, o baiano ajudou o colega carioca a finalizar o samba “Amanhã ninguém sabe”, lançado por Chico em 1966, como conta o colunista de música do G1, Mauro Ferreira.

Em 1973, os dois compuseram juntos “Cálice”, que, censurada pela ditadura militar, só seria gravada em 1978 .

Para Chico, Gil também compôs “Copo vazio”, incluída em seu disco “Sinal fechado”, de 1974.

A música foi regravada em 2014, dessa vez em dueto entre os dois cantores, para a trilha sonora do filme “Rio, eu te amo”, do qual Andrucha também é um dos diretores.

Em julho deste ano, ela foi relançada, acompanhada por um clipe com imagens de Gil e Chico em estúdio.

Fonte: G1