Substituir o chip exclui as informações armazenadas no celular? Como vender um aparelho com segurança?

Se eu substituir um chip e presentear alguém com meu telefone, isso exclui todas as minhas informações que constam no aparelho? – Mário

O chip da rede celular não muda os dados armazenados no telefone, Mário. A resposta, portanto, é “não”. Nenhuma informação será excluída do seu aparelho apenas por substituir ou remover o chip.

Na pior das hipóteses, o chip pode armazenar a sua agenda de contatos – nada mais. Porém, isso hoje é incomum, e a agenda tende a ficar apenas no smartphone.

Para excluir os dados do seu celular, é necessário utilizar o recurso de “redefinição” ou “restauração de sistema”. Em celulares mais novos, a redefinição deve ser iniciada dentro do próprio sistema, no app “Configurar” ou “Configurações”.

Se você realizar a redefinição “fora” do sistema (usando o método de “hard reset” definido pelo fabricante), não será possível iniciar o sistema sem informar a senha da sua conta Google (em celulares Android) ou ID Apple (iPhone).

Com a redefinição correta, você apaga os dados e ainda desvincula a conta cadastrada no celular para que o novo dono possa cadastrar a conta desejada.

Opções de redefinição no Android.   — Foto: Reprodução

A efetividade da definição também é maior em smartphones mais recentes. Isso se deve às melhorias na criptografia do armazenamento do sistema.

Quando você redefine completamente o sistema e restaura a configuração de fábrica, o que acontece nos bastidores é a exclusão da chave de criptografia que era usada para decifrar os arquivos. O sistema gera uma nova chave, diferente da antiga.

Dessa maneira, nenhum arquivo é realmente excluído do smartphone. Mas, como a única chave capaz de desembaralhar os dados não existe mais, esses arquivos são considerados irrecuperáveis.

Em celulares muito antigos (especialmente aqueles com Android na versão 4.4 e anterior, lançada em 2013), nem sempre a criptografia de armazenamento está disponível e ela pode não funcionar corretamente. Tome cuidado antes de repassar esses telefones.

Por exemplo: em 2014, a empresa de segurança Avast comprou 20 smartphones usados e conseguiu recuperar 40 mil fotos por conta de fragilidades nos mecanismos de exclusão de dados.

Se você tem um modelo mais recente (com criptografia de armazenamento) e realizar a redefinição da forma correta, esse risco é praticamente zero.

A criptografia completa é um recurso padrão do Android desde a versão 5.1, de novembro de 2014. O iOS ganhou criptografia de fábrica dois meses antes do Android, com o lançamento do iOS 8.

 Tela de configuração do Android informando que dispositivo está criptografado.  — Foto: Reprodução

Cuidado com cartões de memória

Muitos celulares com Android permitem o uso de um cartão de memória microSD para expandir o armazenamento do celular. Esses cartões podem ser usados para armazenar alguns arquivos específicos (como fotos e vídeos), e alguns modelos também permitem que os cartões sejam configurados como uma extensão do armazenamento interno do celular.

Quando o cartão é configurado como armazenamento interno, ele é criptografado e contará com a mesma segurança do armazenamento do próprio telefone: redefinir o sistema apagará a chave de criptografia e não será mais possível ler os arquivos no cartão.

Mas este não é o caso quando o cartão permanece como “armazenamento externo” ou “armazenamento portátil”. Os dados armazenados no cartão não serão removidos com a redefinição do telefone e devem ser excluídos manualmente.

Configuração de cartão microSD em um celular Android. Redefinição não exclui dados em cartões configurados como 'armazenamento portátil'. — Foto: Reprodução

 

 

Configuração de cartão microSD em um celular Android. Redefinição não exclui dados em cartões configurados como ‘armazenamento portátil’.

Por outro lado, isso é extremamente útil quando você quer redefinir o seu telefone por alguma outra razão. Você pode facilmente transferir suas fotos para o cartão e realizar a redefinição sem perder nenhum arquivo.

De modo geral, não dê ou venda ou aparelho para outra pessoa com o cartão SD dentro dele sem antes conferir se os seus arquivos foram apagados.

Caso você queira criptografar o armazenamento do seu cartão SD, a opção está disponível em Configurar > Segurança (ou “Tela de bloqueio e segurança”) > Avançado > Criptografia e credenciais.

Fonte: G1