Secretário de Educação da Bahia, Jerônimo Rodrigues, esclarece sobre a volta às aulas, em coletiva de imprensa.

(Divulgação)

Depois de quase um ano com aulas suspensas, o Secretário de Educação do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, em coletiva de impressa, na manhã desta quarta-feira (24), detalhou o plano de volta às aulas na rede estadual de Ensino. O início do ano letivo 2020/2021 está marcado para o dia 15 de março, com atividades escolares, numa primeira fase, remotamente. Serão dois anos letivos em um, com regime especial. Sendo assim, os alunos matriculados na rede estadual, em 2020, não precisam ir a escola para fazer confirmação de matricula e nem atualização do cadastro.

Numa segunda fase, denominado de ensino hibrido, os alunos deverão comparecer 3 dias em sala de aula e 3 dias com atividades em casa. Já na terceira fase, o ensino será presencial, com 6 dias de aula por semana, de segunda a sábado, em sala de aula. Tanto o ensino hibrido como o totalmente presencial não foi fixada datas, pois só será possível quando a pandemia estiver controlada.

Para a primeira fase do ano letivo os alunos terão acesso ao livro didático, salas virtuais do Google, Cadernos de Apoio a Aprendizagem, exercício de reforço via WhatsApp (Chatclass Bahia), internet nas escolas e um novo canal da TVE (Educa Bahia).

O Secretário de Educação garantiu a imprensa que as escolas estão sendo adequadas com medidas de prevenção a Covid-19, internet banda larga e a possibilidade da convocação de novos professores aprovados no último concurso, uma vez que mais de 2 mil professores aposentaram no período da pandemia.

A coletiva de imprensa foi transmitida pelo YouTube com disponibilidade para jornalistas formularem perguntas via WhatsApp. Jerônimo Rodrigues pediu o apoio das Rádios e Blogs para ajudar neste momento de volta às aulas. A Rádio Star FM 105,9 informa que está a disposição para contribuir neste percurso educacional e divulgar assuntos relevantes à sociedade.

Redação: Zeomário Teixeira