Caetano Veloso entra na Justiça e exige indenização milionária após uso de imagem

5 de dezembro de 2023

O cantor Caetano Veloso moveu um processo na Justiça, a título de danos morais, contra um empresa, sob a justificativa de uso não autorizado de imagem em uma campanha publicitária.

Segundo informações do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, o caso corre na 29ª Vara Cível da Comarca do Rio de Janeiro,

e o artista solicitou um valor de R$ 1,3 milhão em indenização.

O processo em questão possui relação com a campanha da coleção Brazilian Soul, para o verão 2024, da empresa Osklen.

Segundo as solicitações feitas pela defesa de Caetano Veloso, incluem-se a retirada da circulação produtos que remetam ao cantor e ao tropicalismo,

além da remoção de publicações que relacionem à ele e o movimento à marca de moda.

“Usaram a imagem do autor e do icônico movimento criado por ele para lançar e impulsionar as vendas de uma coleção de roupas com sua marca e,

com isso, obter vantagens indevidas, locupletando-se ilicitamente de forma notoriamente parasitária”, diz os advogados de Caetano.

Os representantes solicitaram R$ 300 mil em danos morais, e R$ 1 milhão em danos materiais, a serem pagos pela empresa em questão.

Reprodução Globo

Fonte:Observatório dos Famosos