Seleção da 105

22:00 -

23:59

Logo Star FM
E aí, curtiu?
24

2 de julho: dia da independência da Bahia

1.600+ Independencia Da Bahia fotos de stock, imagens e fotos royalty-free - iStock

O dia 2 de julho trata-se de um dos feriados mais importantes para a Bahia. Nesta data, é celebrada a Independência da Bahia ou a Independência do Brasil na Bahia e representa a resistência do estado e da sua população ao domínio português durante o período imperial.

História

No começo dos anos 1820, a Bahia era uma das provincias mais insatisfeitas ao domínio imperial português e, ao mesmo tempo, mais leal a Dom Pedro I.

A região, assim como o restante do território brasileiro, lidava com o distanciamento físico e ideológico da Coroa Portuguesa, adquirido especialmente depois da vinda de Dom João VI para a então colônia portuguesa.

Portugal, no entanto, pensava em formas de reaver o controle sob a região, especialmente no norte e nordeste frente à crescente movimentação separatista que tomava conta do Rio de Janeiro.

Nas Cortes Gerais, Extraordinárias e Constituintes da Nação Portuguesa, que era uma espécie de parlamento na época, as restrições às liberdades conquistadas pela província do Brasil, somadas a entrada de um comandante militar das tropas locais baianas,  Inácio Luís Madeira de Melo, um veterano de guerra que lutou contra Napoleão, e era mau visto pela população, foram o estopim para a insurreição da população.

Conflito

No contexto de conflito, muitas pessoas saíram da capital salvador e foram buscar abrigo na região do Recôncavo, local que se tornou um símbolo de resistência para as batalhas que começaram em fevereiro de 1822 e só terminaram em 2 de julho de 1823, com a saída das tropas portuguesas da Bahia.

Comemorações

Festa do Dois de Julho é a comemoração cívica e popular pela Independência da Bahia que ocorre anualmente na querida Caetité, realizada há cerca de dois séculos para marcar o fim da Guerra da Independência do Brasil no 2 de julho de 1823, na Bahia. A comemoração conta com a participação das forças de segurança (Exército, Marinha, Aeronáutica, Bombeiros e Polícia Militar), da rede escolar e grupos de montaria. “Dentre as tradições culturais populares, destaca-se o desfile cívico do Dois de Julho, uma festa que acontece desde o século XIX com paradas para discursos, recitação de poesias e apresentações teatrais”, como resumiu uma pesquisadora.

 

Fonte: Ana Carolina Montoro/Exame/wikipedia