Seleção da 105

22:00 -

23:59

Logo Star FM
E aí, curtiu?
24

Greve dos professores da Ufba chega ao fim após dois meses

Foto: Divulgação/UFBA

Após a decisão nacional, professores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) decidiram encerrar a greve no estado. O retorno às atividades foi aprovado por ampla maioria em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (26), no PAF (Pavilhão de Aulas da Federação) I, em Salvador

Em breve comunicado enviado à imprensa, os docentes afirmam que a decisão será repassada à reitoria. Na sequência, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) deve se reunir para reprogramar o calendário acadêmico.

Horas depois, a Reitoria se pronunciou, informando que as aulas serão retomadas já na quinta-feira (27). O Comando de Greve, no entanto, destaca que é o Consepe quem definirá o início das atividades de classe. A reunião do conselho para realização dos ajuste no calendário será na próxima quarta (3).

Cenário nas demais instituições federais

Diante do processo de encerramento do movimento grevista, a situação é semelhante nas demais universidades: os respectivos conselhos devem se reunir para refazer o calendário acadêmico. A maioria das instituições ainda não indicou quando isso será feito. Confira o monitoramento abaixo:

Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB): já havia decidido encerrar a greve dos docentes nesta quarta (26); o site não conseguiu retorno sobre o calendário acadêmico.

Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob): decidiu pelo fim da greve em assembleia realizada na terça-feira (25); ainda não definiu data para reunião sobre o calendário.

Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (Unilab): docentes do Campus Malês (no município de São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador) deliberaram pela saída da greve na última quinta (20), com reabertura imediata do calendário do semestre 2024.1.

Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB): a assembleia que deliberaria o fim da greve estava marcada para esta quarta, mas foi adiada; uma nova data ainda não foi definida.

Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf): o site não conseguiu retorno sobre a situação na instituição.

Mobilização da categoria

A decisão de encerrar o movimento ocorre após deliberação nacional. No domingo (23), o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) aprovou fim o das paralisações.

Na ocasião, os docentes aceitaram a proposta do governo de reajuste em 2025 e 2026, com percentuais diferentes para cada classe profissional. O acordo proposto pelo governo ainda prevê a revogação de uma portaria editada em 2020, que aumentou a carga horária mínima semanal para a categoria.

Fonte: g1 BA