Seleção da 105

22:00 -

23:59

Logo Star FM
E aí, curtiu?
24

Neto de Luiz Gonzaga defende Juliette após polêmica sobre adaptação de música do avô: ‘Ela não mentiu’

Neto de Luiz Gonzaga e Juliette — Foto: Reprodução/Gshow

O artista Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, voltou a se pronunciar sobre o uso da melodia do clássico “Pagode Russo” na música “Vem Galopar”, recém-lançada por Juliette. Na tarde deste sábado (22), horas depois de afirmar que a família não autorizou a adaptação, Daniel foi às redes defender a cantora:

“Conversei com Juliette agora. Pactuamos algo importante hj sobre a cultura nacional. Esse jogo é muito maior do que a gente. Não é sobre nós. É sobre valorização. Ela sabe bem disso. Assim como eu é uma amante da nossa cultura. Sua ajuda é fundamental. Diálogos servem para isso. As autorizações foram trocadas entre editorias. Não é sobre a Juliette. É sobre um mercado que nos mastiga e engole. Ela não MENTIU em momento algum e foi muito MULHER de ligar no meu telefone e elucidar a questão comigo. Meus respeitos e a minha defesa à amiga Juliette”, escreveu.

Entenda a polêmica

Mais cedo, Daniel havia se pronunciado afirmando que a família Gonzaga não havia dado qualquer autorização para a adaptação, mas esclareceu que a reprodução da música é de direito da gravadora. Portanto, segundo ele, mesmo sem a autorização da família, Juliette tem o direito de regravar ou adaptar o clássico desde que receba o aval da Universal Music.

A declaração dele ia de encontro à entrevista da cantora para o g1 nessa sexta-feira (21), na qual Juliette afirmou que a família havia autorizado.

Em nota enviada ao gshow nesse sábado, a assessoria da artista reafirmou que a Universal garantiu que os herdeiros do artista e também de João Silva haviam autorizado o trabalho:

“Assessoria de Juliette informa que a cantora, que respeita, exalta e difunde a obra de Luiz Gonzaga e João Silva, solicitou à Universal Publishing (editora) que as famílias de Gonzaga e Silva autorizassem o lançamento da música, independentemente se a editora fosse detentora dos direitos. A Publishing garantiu à Juliette que a família de Luiz Gonzaga e João Silva havia autorizado o lançamento da música, não havendo qualquer restrição quanto a isso. A editora também afirmou à cantora que familiares ouviram o resultado e que gostaram da versão. Juliette afirma que não é ela a responsável pelos trâmites legais que envolvem a liberação de fonogramas. Com absoluto respeito aos familiares e à obra de Luiz Gonzaga e João Silva, a cantora lamenta e se coloca à disposição para entender e dialogar com todos os envolvidos.”

Fonte: gshow  Rio de Janeiro