Seleção da 105

18:00 -

18:59

Logo Star FM
E aí, curtiu?
19

Parque de Exposições de Salvador é reservado para 11 dias de festa.

Foto: Thiago Del Rey/ Sufotur

A capital baiana terá o clima de interior do São João com festa prolongada. A cidade, que desde 2017 vem apresentando uma grade de atrações convidativa para quem não deixa Salvador durante o período junino, ganhou 11 dias de festa.

As informações foram obtidas pelo Bahia Notícias. O evento, que é organizado pela Superintendência de Fomento ao Turismo (Sufotur), está com as datas reservadas para o Parque de Exposições de Salvador nos dias 13 a 15 de junho, 21 a 24 de junho e 29 de junho a 2 de julho. 

As atrações do São João ainda não foram anunciadas pelo Governo da Bahia. No entanto, no último final de semana durante a festa Viiixe Forró & Piseiro, do grupo Vybbe, o cantor Xand Avião confirmou presença na capital baiana no dia 30 de junho. O evento em questão não foi revelado, porém, esta é uma das datas reservadas pelo Governo no Parque de Exposições.

A capital contará ainda com festas ao redor da cidade e o Centro Histórico de Salvador não ficará de fora. O Pelourinho, que por anos foi o palco principal do São João na cidade, será o foco da alimentação da cultura tradicional. Entre os dias 21 e 24 de junho, além de shows de artistas renomados, o Pelô irá receber o tradicional Samba Junino, além de trios e quartetos nordestinos. 

Foto: @r5produtora

A ideia do Governo da Bahia é fazer com que as Matrizes Tradicionais do Forró tenham destaque na folia junina. A proposta também foi confirmada pelo secretário estadual de Cultura, Bruno Monteiro, em entrevista ao Bahia Notícias no final de abril.

“O governador me encomendou que a Secretaria de Cultura tenha a forma de apoio à nossa cultura raiz, a cultura do forró pé de serra, dos trios nordestinos, da quadrilha junina, do samba junino, essas manifestações tão importantes e tão identitárias do São João. Então nós teremos muita valorização disso”, afirmou.

A Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (SUFOTUR) também divulgou o edital para o Concurso de Quadrilhas em 2024. Neste ano, a premiação é de R$ 15 mil.

O São João da Bahia ganhou um evento de lançamento em São Paulo, no Centro de Tradições Nordestinas no início de maio. No encontro, o secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar, falou sobre a expectativa para a festa em 2024 e o retorno financeiro que a celebração dará para o estado.

“A nossa expectativa é que este ano a gente bata um novo recorde, que a gente tenha na Bahia mais de um 1,5 milhão de visitantes, que deixarão algo em torno de R$ 2 bilhões para a economia baiana, gerando emprego e renda para os baianos”, afirmou.

INVESTIMENTO PARA O SÃO JOÃO DA BAHIA
Painel da Transparência dos Festejos Juninos do Ministério Público do Estado (MP-BA), indica que até o momento foram investidos R$ 180 milhões nas atrações das festas. 

O valor indicado é referente ao gasto nos diversos municípios baianos e não apenas na capital baiana, nem apenas o investimento do Governo da Bahia. De repasse aos municípios, o governo informou que investirá R$ 132 milhões.

Em 2023, o estado investiu um valor superior a R$ 100 milhões para a realização da festa nos mais de 280 municípios baianos que celebraram o São João. 

Ao Bahia Notícias, o empresário Rodrigo Melo, da produtora Pequena Notável, falou sobre o cenário de eventos na Bahia durante o São João. Para Melo, a mudança no comportamento tem a ver com o alto custo de produção dos eventos.

“Eu acho que os formatos estão sendo mudados. Eu, Rodrigo, não acredito mais em eventos de grande porte, eventos em que você tenha que pagar o custo com mais de 20 mil pessoas. Eu não acredito pelo tamanho das estruturas que precisam ser montadas, pelo tamanho do artista, pelos cachês que são muito altos também. O bilhete não está pagando toda a estrutura que tem que ser montada para isso.”

Já Paulinho Sfrega, idealizador do Forró do Sfrega em Senhor do Bonfim, pontuou que o alto investimento nas festas públicas tem tornado difícil a realização dos eventos privados.

Em 2024, o Brega Light, em Ibicuí também caiu. As festas Forró do Bosque, em Cruz das Almas, Forró do Piu-Piu em Amargosa e Forró do Lago em Santo Antônio de Jesus não acontecem desde 2023 e ao site, Rodrigo confirmou que as duas últimas não teria edições em 2024.

Por Bianca Andrade/Bahia Notícias