Mateus Ribeiro voa alto ao interpretar personagem-título do musical ‘Peter Pan’

Foto: João Caldas / Divulgação

Ator catarinense de 23 anos, em cena desde 2005 em musicais de teatro, Mateus Ribeiro alça o voo mais alto da carreira ascendente em Peter Pan – O musical. Metaforicamente e literalmente, já que, na pele do protagonista Peter Pan, o ator é içado em vários momentos do espetáculo dirigido por José Possi Neto.

Sucesso da temporada paulistana de 2018, Peter Pan – O musical está em cartaz na cidade do Rio de Janeiro (RJ), onde está em cartaz de sexta-feira a domingo na Grande Sala das Cidade das Artes.

Ator que já tinha se destacado com atuação cômica no elenco juvenil do musical Meu destino é ser star – Ao som de Lulu Santos (2018), espetáculo cujo texto evocou dilemas juvenis do filme Fama e da novela Malhação, Mateus consegue dar vivacidade a Peter Pan e sobressai entre os 26 atores da encenação ao lado de Pedro Navarro (intérprete do comunicativo personagem Smee) e de Karina Mathias (Wendy). Tanto que Mateus ganhou prêmios na temporada paulista, protagonizada pelo ator ao lado de Daniel Boaventura.

Os atores Mateus Ribeiro e Karina Mathias em cena do musical 'Peter Pan' — Foto: João Caldas / Divulgação

(Os atores Mateus Ribeiro e Karina Mathias em cena do musical ‘Peter Pan’ — Foto: João Caldas / Divulgação)

Na montagem carioca de Peter Pan, o ator Tuca Andrada substitui Boaventura nas peles do Capitão Gancho e do Sr. Darling. Peter Pan – O musical é remontagem brasileira do premiado espetáculo que estreou na Broadway em 1954 com base no livro publicado em 1904 pelo escritor britânico James Matthew Barrie (1860 – 1937).

A julgar pelo sucesso de Peter Pan em São Paulo (SP), cidade onde o musical foi visto por cerca de 160 mil espectadores, a fábula do menino que se recusa a crescer continua cativando crianças e adultos de todas as idades.

Ainda assim, o tom do espetáculo é acertadamente infantil. Na atual encenação, o musical cativa mais pela produção grandiosa da Touché Entretenimento do que pela trilha sonora composta por Mark Charlap (1860 – 1937) – com colaboração de Jule Styne (1905 – 1994) – e pela letrista Carolyn Leigh (1926 – 1983).

Os aplausos da plateia quando a cenografia se descortina em cena atestam a excelência da produção desse musical em que Mateus Ribeiro voa alto como Peter Pan e, ao contrário do personagem-título, mostra que vem crescendo como ator.

Fonte: G1