Cida Moreira interpreta hit de Valesca Popozuda na volta ao disco

Foto: Murilo Alvesso / Divulgação

Música lançada há cinco anos pela funkeira carioca Valesca Popozuda, Eu sou a diva que você quer copiar (André Vieira, Leandro Pardal e Wallace Viana, 2014) ganha a voz cintilante de Cida Moreira.

Sem lançar álbum desde Soledade solo (2017), disco ao vivo gerado pelo álbum de estúdio Soledade (2015), Cida volta ao mercado fonográfico em 2020 com a edição do disco que reúne 12 gravações extraídas da trilha sonora de Um copo de veneno, programa que será exibido pelo Canal Brasil em dez episódios que vão ao ar às terças-feiras, a partir de 7 de janeiro. Uma das 12 músicas do disco é o hit de Popozuda.

Trata-se do 12º álbum da discografia de Cida e o quarto editado pela cantora através da Joia Moderna, gravadora aberta pelo DJ Zé Pedro em 2010 para viabilizar o lançamento do álbum A dama indigna (2011). Este disco revitalizou a carreira de Cida Moreira ao reapresentá-la em cena como a grande senhora despudorada do cabaré, personagem já encarnada pela artista no primeiro álbum, Summertime (1981).

No disco com a trilha de Um copo de veneno, programa no qual encarna vários personagens, Cida destila sucessos alheios com a veia, a verve e a voz teatrais. Entre outras músicas até então dissociadas da voz dramática da cantora, Cida interpreta Você me vira a cabeça (Me tira do sério) (Chico Roque e Paulo Sérgio Valle, 2001), sucesso de Alcione.

Com edição prevista para a primeira semana de janeiro, o primeiro single do álbum é a já mencionada abordagem de Eu sou a diva que você quer copiar.

Fonte: G1