Danilo Gentili pode ser preso após sugerir ‘surra’ em deputados

Foto: Divulgação

E lá vai Danilo Gentili em uma encrenca das grandes. O apresentador pode ser preso após sugerir, em rede social, que a população invadisse a Câmara e desse uma surra nos deputados.

Teve gente que não gostou e resolveu ir atrás da polícia e da Justiça. O deputado federal Luis Tibé (Avante-MG), pediu a prisão de  Gentili. O pedido feito por Tibé foi apresentado ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, concordou com a ação e também pediu que o humorista receba o mesmo tratamento que Daniel Silveira (PTB-RJ), preso após incitar apoiadores a baterem em ministros do STF.

A ação está nas mãos de Alexandre de Moraes, e existe a possibilidade dele encaminhar o caso para a Procuradoria-Geral da República, arquivar ou pedir que o processo seja enviado à primeira instância, pois Gentili não tem imunidade parlamentar para ser julgado pela corte.

Gentili é acusado de proferir grave ameaça ao livre exercício do Legislativo após criticar, no último dia 25 de fevereiro, em uma rede social, a celeridade da chamada PEC da Imunidade, em meio à pandemia de Covid-19.

Danilo Gentili fez sua postagem no Twitter (onde tem 17 milhões de seguidores), a mesma rede social que baniu o ex-presidente dos EUA Donald Trump, cujas postagens foram consideradas ofensivas às regras de uso da plataforma. O Twitter entendeu que Trump incentivava a violência com seus posts publicados na esteira da invasão, em 6 de janeiro de 2021, ao Congresso norte-americano.

Fonte: r7