A Embasa anunciou que, até o final de 2021, investirá mais R$ 1 milhão na aquisição de novos equipamentos utilizados na manutenção da rede coletora e serviços específicos de limpeza de tubulações no Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) de Guanambi, a 141 km de Brumado. Segundo o projeto de monitoramento das Bacias Hidrográficas “Atlas Esgotos”, desenvolvido pela Agência Nacional de Águas (ANA), Guanambi está acima da média nacional do índice de cobertura em esgotamento sanitário, que é de 43%. O SES do município é composto, hoje, por cerca de 300 km de redes coletoras, 12 estações de bombeamento e uma estação de tratamento (ETE). Tem capacidade para tratar em torno de 12 mil litros de esgoto por dia e 141 litros por segundo. Atualmente, o sistema trata 5.956 metros cúbicos por dia, o que significa 69 litros por segundo. De acordo com o gerente regional da Embasa, Manuel Mateus, a empresa continua investindo em Guanambi e o percentual de cobertura tende a crescer. Um estudo publicado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás, em 2019, apontou que a implantação deste serviço impactou positivamente na redução da mortalidade infantil na cidade.

 

Por: Achei Sudoeste